top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Reflexão - Diário de uma Idosa 161, por Joana Prado Medeiros

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de texto de reflexão da historiadora, professora universitária, poeta e escritora Joana Prado Medeiros , com seu Diário de uma Idosa 161.


DIÁRIO DE UMA IDOSA 161


Cansada de diários de uma idosa, espanto!!! Abraço com o corpo minhas cinco latinhas de cervejas, bebo com a alma e adiciono o teorema de Pitágoras a hipotenusa é igual a soma dos quadrados da hipotenusa e a soma dos os comprimentos dos catetos e cadê os catetos?! E a tal de hipotenusa de tanto ouvir falar faço de conta que sei...Por outro lado, porém, contudo e todavia, tresloucada desafio a lei de Isaac Newton tudo o que cai vem pro solo...E no meu caso, antes de cair, flutua entre as trincheiras do nada e nadam na esfera e estratosfera da poesia. Celebro, solo (de solitariamente), o instante dos instantes, nefastos e híbridos sem solo para germinar eu planto e assim sigo. Sem decifrar o riso e nem o pranto. Que dos sentidos pranteia a vida que é -- Derramamento de espantos!!! É abraços cheios de rezas, canelas nas plantas e pão na chapa... Café no bule e gastrite queimando. Não sei se dou risada ou derramo pranto, só sei que inspiro piedade e sonhos. E eu respiro mofo. De pronto o pronto está posto que é só mais um dia que vesti routo, sem pérolas e carmim...E ponto. E pela teoria das cordas...Todo mundo...Tem uma curva no caminho...


( Joana Prado Medeiros - Direitos Autorais Lei 9.610, 19/02/98)

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page