top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Ser mente, por Ilsyane R. Kmitta



Segunda-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a professora universitária, poeta e escritora de Dourados (MS), Ilsyane R. Kmitta, com "Ser Mente"


Ser mente

Ilsyane R. Kmitta


Semente... Ser mente... Ser!

Do tempo que voa livre como pardal

Da água que leva e lava e louva

Do fogo que arde, que alarde, invade

Campos, Cerrado e pantanais

Amazônia chora

Da terra nua, sua, arrasada, lesada

Biomas, biotas, ecossistemas,

esquemas

Biocidas, genocídio, ecocídio

O planeta chora

A biodiversidade se ignora

Natureza mercadoria, tem preço, tem

fauna e flora

Uma teia que se rompe, esgarça

Tundra, taiga, savana, pampas, deserto

Futuro incerto

Adeus berço das águas

Se mente, a boiada passa

E nem se disfarça

Amazônia é rio, é vida, lugar de luta

De Chico Mendes, Dorothy Stang,

Margaridas

De Dom Philips e Bruno Pereira

Arde o Cerrado, Caatinga, Mata

Atlântica, Pantanal

Morre o Pampa que não é de bambas

Tragédia... semente, monocultura,

patas

Erosão eólica, antropização, convulsão

Tecnologia de ponta

Dos males já perdemos a conta

Indígenas, ribeirinhos, quilombolas

A estes se ignora

Ode à flora, riqueza que aflora

Desigualdade que impera

Justiça e Equilíbrio,

Ser mente

O solo, a terra, a vida

Semente, Ser mente, SER!

41 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Apr 01
Rated 5 out of 5 stars.

Sensacional. Parabéns.

Vanessa Pereira - Jundiaí SP

Like
bottom of page