top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Seixos, por Sylvia Cesco

Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a poeta e escritora de Campo Grande (MS), Sylvia Cesco, com seu poema intitulado "Seixos".


Seixos

Sylvia Cesco


Me encanto por demais

com aqueles seixos que rolam

no leito fundo dos rios

sem nunca sair do lugar.


Estariam aguardando minhas pegadas?

Não creio. Nasceram com a sina

de ser somente mágicas sementes

de líquidos sonhos

a escorrerem noite e dia

longe de humanos olhares.


São como guardadores

da Grande e Imortal Consciência

traduzida pelas águas

dentro e fora de nós.


Reveladores de embevecidas flores submersas,

são guardiães gentis de sua translucidez

a tomar conta dos beijos amanhecidos

vindo direto das bocas dos amantes.


E é tudo tão misterioso,

e é tudo tão sereno,

que ao encontrá-los sentimo-nos tão pequenos,

ou quem sabe, talvez, mais grandiosos

21 visualizações0 comentário

Комментарии

Оценка: 0 из 5 звезд.
Еще нет оценок

Добавить рейтинг
bottom of page