top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - "Sapato Gasto", por Paulo Portuga

No Blog do Alex Fraga nas quartas-feiras no espaço de poesia, Paulo Sérgio da Silva Caiano (Paulo Portuga), poeta, músico, compositor, professor e geógrafo de Dourados (MS), com "Sapato Velho".



Sapato gasto


Eu estou saindo Por aí de fininho Fugindo da chuva e do sol Não que eu tenha medo Não me julgues Se der eu volto Antes do temporal Andam dizendo Por aí que eu Não faço mais Canção de rock and roll Só porque gosto De carnaval.


Eu estou voltando Com a cabeça cheia De ideias Meu sapato Até já furou Nem por isso Vou jogar a toalha Pois vou sempre gostar Do bom e velho Rock and roll...


Todo sujeito precisa Dar um tempo para cabeça Para dizer aquilo que pensa E por isso não Vai ser diferente Ergo a cabeça Estou de volta Estou seguindo em frente...


Abra a porta Estou de volta Me aqueça E não se esqueça Meu amor é o Rock and roll.

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page