• Alex Fraga

Poesia - Ode ao palhaço, por Benedito C.G. Lima

Uma terça-feira de estreia no espaço de poesia do Blog do Alex Fraga. De Corumbá (MS), Benedito CG Lima, poeta, escritor, compositor, ativista cultural e do movimento negro, professor, criador de entidades e movimentos culturais.


ODE AO PALHAÇO

Benedito C.G.Lima


O palhaço não é feito de palha

Nem é feito de aço

Nem é feito de vidro

Nem tampouco de pedra

O seu sangue é vermelho

Que nem suco de beterraba.

O palhaço é gente que salta

Pula a tristeza no trapézio de Alegria

Fazendo Piruetas

Nos troços da vida

O palhaço levado da breca Perereka

Pula aqui

Esparrama ali

Faz caretas até sem graça

Pois a sua graça está na alma

Colorida de suas vestes

O palhaço não é feito de palha

Nem tampouco de aço

Nem é feito de plástico

Nem tampouco de alumínio

O seu corpo tem bons músculos

Esqueletos e até alma

O palhaço não é palha

Nem é aço

Ele é gente como nós!

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo