top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Humanidade, por Athayde Nery

Quinta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o advogado, poeta e escritor de Campo Grande (MS), Athayde Nery, com Humanidade.


Humanidade


Vou transformar o mundo tendo um caso com a humanidade


Uma velha sentada em minha frente bem rente ao rumo da morte


Observo teu rosto de caminhos diversificados e de coisas que deixou de fazer


Cachorro late procurando lixo na lata


A velha toca


O cachorro late


Mosca voa pra chuva


A mulher, de certo filha da velha segura a cabeça


Olhos impregnados de sonhos


Aaah! Esse sorriso cravado de dor me faz conspirar contra o mundo


As moscas fazem amor na mesa sem

cerimônia


As formas se enroscam e se procriam onde a única coisa que se perpetua é a foto e o amor, que vibra, vibra feito cabelo de menina em roda de

ciranda Que roda, roda e se menstrua e se

mistura com menino de rua que briga, briga até gozar.


E o riso do corpo é o riso do mundo


Até a hora de um novo amar


E a felicidade tem preço Endereço: colaboração com a morte

alheia.


Uma velha dorme em minha frente Boca aberta, olhos lacrados e uma vontade de viver do cão...


IN: "Silencio Escancarado" 2a. Edição, págs. 30/31.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page