top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Cordel Surdo, por Paulo Portuga

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o músico, professor, compositor e poeta de Dourados (MS), Paulo Portuga, com Cordel Surdo.


CORDEL SURDO


Eu vou contar pra vocês A história de um rapaz Que nasceu neste mundo Surdo, esperto e sagaz Cresceu se comunicando Com a língua de sinais.


No silêncio aprendeu E se pôs a caminhar Com gestos e sorrisos Começou a se expressar O problema da audição Conseguiu solucionar.


Lendo lábios e mãos Lutou com habilidade Para poder vencer Todas as dificuldades Sua cultura resiste Em meio à diversidade.


O rapaz me ensinou Que surdez não é doença Ele percebe o mundo Com muita persistência E a sua condição exige Respeito às diferenças.


Com gestos eloquentes Venceu sua timidez Sem parar de estudar Aguardou a sua vez Terminou a faculdade E homem feito se fez.


Se tornou professor Na escola foi trabalhar Tenta amenizar a dor De quem não pode escutar Com carinho e amor Outros surdos foi ajudar.


Assim eu termino Este singelo cordel Falando de um surdo Que cumpriu seu papel Que pintou o mundo Com o seu próprio pincel.

84 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 commentaire

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
Maria de Lourdes da Costa
Maria de Lourdes da Costa
06 sept. 2023

Lindo demais

J'aime
bottom of page