• Alex Fraga

Poesia - "Cora", por Athayde Nery

Quinta-feira, o espaço de poesia do Blog do Alex Fraga é com o advogado, poeta e escritor sul-mato-grossense Athayde Nery, com seu poema "Cora".


CORA


Estive no olhar firme e doce de Cora Coralina Do alto da sacada do seu quarto aberto de horizontes Pude sentir suas rezas sem pecados Sua devoção ao belo que corre em nossas veias entupidas Palmilhar seu jardim ensandecido de flores Inspirar sua indignação pura às menores Injustiças Fluir com ela no murmúrio do rio Vermelho E ouvir o sino da sua alma tocando Goiás Velho como seu canto Daquela ponte, Cora, mulher, amor e poesia se revelando para o mundo, sem alarde. Só costurando sua voz em panos coloridos de vidas As paredes dos bares, que se tornam poemas de Cora, deixam as noites bem mais claras Goiás Velho concebeu Cora corajosa que fez das letras o seu pulsar de liberdade.

90 visualizações0 comentário