• Alex Fraga

Poesia - A luz de vela, por Carlos Magno Amarilha

Atualizado: 23 de mai.

Sexta-feira no espaço de poesia no Blog do Alex Fraga. Carlos Magno Amarilha, de Dourados (MS), historiador, pesquisador e poeta, doutor em Educação, mestre em História e presidente do Grupo Literário Arandu. Seu poema A Luz de vela.


A LUZ DE VELA


Vou sair correndo de ema

com força de elefante

coberto de casca de tartaruga

olhar de águia

enfeitado de pavão

apreciar uma bela música de pássaros

cobertos de tom

reunir tudo que é bicho de uma só vez

e, finalmente, poder dizer

Pode vim jantar, amor,

que o rango está pronto!



(In: Asas Urbanas, p. 25)

142 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo