• Alex Fraga

Opinião – FESMORENA resgata música autoral

Neste sábado (9), a TV Morena apresentará um especial do FESMORENA– Festival de Música Escolar Morena no Programa “Meu Mato Grosso do Sul”. Talvez nos dias de hoje poucos iriam ousar em realizar um concurso de música autoral e ainda envolvendo as escolas de todo o Estado. Foi surpreendente pois o nível das canções apresentadas foi altíssimo, com arranjos de primeira e a qualidade vocal dos participantes também. Ao todo foram 17 canções escolhidas para disputar os prêmios de primeiro, segundo e terceiro lugares.


O Teatro Glauce Rocha no último dia 26 foi palco de tantas apresentações culturais e até mesmo de festivais de música, novamente brilhou com a animação dos participantes e também de suas torcidas. Muito interessante o que a organização pensou no que se refere ao visual (decoração), com árvores e bancos – uma praça onde os familiares ou mesmo professores sentavam e assistiam as apresentações. Algo diferenciado e que representou o carinho que tiveram para agradar a todos.


As 17 canções autorais foram por ordem de apresentação foram: Chuva Chata (Onofre e Alberto), Em Cada Passo (Sara Moraes), A Solução é Cristo (Ludmila e Larissa), Assunto (Manu Hermann), Bem Maior (Banda BHKG), Um Sonho no Cora;cão (Matheus Martins), Fábulas (Gabriel Pureza), Flor de Laranjeira (Felipe Kirtsten Lacerda), O Nosso Maior Destino (Antoniela Bigatão), Amor e o Tempo (Lucas Mota), Foi Embora (Laura Bedin), Posso Te Esperar (Kadu Peixoto), Eu Sou Teu (Thais Araujo), Linhas (Livia Cruz), Me Deixa Sonha (Yuy Alcantra), Momentos (Beatriz Angela) e Ratos (Banda Lukin). Um retrato da evolução do trabalho autoral que tem sim que começar nas escolas. Esse incentivo é sem dúvida o caminho para a busca da essência musical do Mato Grosso do Sul. A música autoral é sem dúvida o caminho para a evolução da música em todo o Estado. Essa verdadeira “sacada” do produtor Daniel Escrivano juntamente com a TV Morena e com o apoio do Sesi só nos deixa mais confiantes para um futuro melhor para a nossa cultura.


Apesar da difícil escolha dos jurados, que tiveram que dar notas para letra, afinação, ritmo, interpretação e arranjo, a Banda Lukin com um rock muito bom, foi a grande campeã do Fesmorena com a canção “Ratos” e que levou a plateia ao delírio. Na segunda colocação ficou com Matheus Martins com a música “Um Sonho no Coração” e no terceiro lugar, Gabriel Pureza, com a canção “Fábulas”. Houve também a premiação da votação popular pela internet para Kadu Peixoto, do municí

pio de Corguinho, que cantou “Posso Te Esperar”

O primeiro colocado ganhou R$ 2.000,00 1 violão que já foi assinado por Almir Sater, Jota Quest e Paulo Simões e troféu fim de semana com a família na Colônia de Férias da AICG. O 2° lugar foi premiado com R$ 1.000,00 troféu fim de semana com a família na Colônia de Férias da AICG e o 3º colocado recebeu R$ 500,00 troféu; enquanto o ganhador da votação popular, pela Internet, ficou com R$ 1.000,00 e a melhor torcida um voucher de R$ 750,00. Parabéns aos organizadores e principalmente a sensibilidade do produtor Daniel Escrivano.

53 visualizações

© 2023 por O Artefato. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Instagram B&W