top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Show - Julio Borba faz concerto autoral nesta sexta-feira


Nesta sexta-feira (24), o músico violonista Julio Borba estará realizando na rua Barão do Melgaço, 177, em Campo Grande (MS), seu concerto de violão solo com músicas autorais.  O trabalho musical é construção cuidadosamente elaborada de um repertório que conta uma história, viaja pelos sonhos e pelos ensinamentos do meu povo e cultura de Mato Grosso do Sul, com música instrumental e poemas de gaveta que o artista vem escrevendo a anos.


Julio Borba é doutor em música pela Universidade Federal do Paraná e violonista brasileiro. Investiga a música instrumental paraguaia no Brasil e também estuda a presença do violão de sete cordas na música de Mato Grosso do Sul. O violonista já tocou com importantes músicos como Almir Sater, Gabriel Sater, Roberta Miranda, Dino Rocha, Rosa Passos, Lula Galvão, João Egashira no Brasil, Juan Vera e Sixto Corbalán no Paraguai e Edwin Pitre no México. Realizou concertos em diversos teatros do Brasil, assim como tocou em festivais de violão também no Paraguai. Apresentou-se na Universidad Nacional do México (UNAM), junto com o Ensemble Deartes, representando a Universidade Federal do Paraná (UFPR).


Em sua carreira lançou 2 álbuns, “Entroncamento”, em 2020 e “Julio Borba- Dois Irmãos”, lançado em 2022, tratando de misturar a música brasileira e paraguaia em composições para violão de sete cordas. Atualmente é professor do curso de música da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Integrante do Grupo Flor de Pequi e apresenta-se como violonista solo. Com seu violão de sete cordas, Julio Borba apresenta neste show seu novo projeto autoral que mistura poesia, contação de histórias e música instrumental. Trata do contexto de Mato Grosso do Sul, sua cultura, mitos e poesias de maneira única, com composições musicais que transmitem sua percepção onírica da cultura do Estado, dialogando com as principais correntes filosóficas do pensamento ocidental, sem deixar de trazer em suas apresentações, o legado da cultura popular e sua oralidade


Julio Borba busca dialogar com a tradição do chamamé, a polca paraguaia e a música caipira, trazendo em paralelo elementos da música de concerto, do jazz e da música contemporânea. Neste show o instrumentista e compositor possibilita aos ouvintes a reflexão e problematização de suas percepções sobre as sonoridades musicais cotidianas e a cultura local. Ingressos antecipados apenas R$ 20,00 e no local R$ 30,00.


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page