• Alex Fraga

Reflexão - Um carro roda, por Sylvio D Prospero

Segunda-feira, no Blog do Alex Fraga, dia de reflexão com o poeta e escritor de Curitiba (PR), Sylvio D Prospero, com "Um carro roda".

Tarde da noite um carro roda pela cidade, e dentro dele alguém está soluçando, com o rádio ligado e com lágrimas nos olhos.

Clareando as ruas, os becos, as esquinas, lâmpadas amarelas escondidas pela névoa do frio constante fazem as pessoas parecerem zumbis caminhando à esmo, procurando o nada para encontrar.

Os amantes noturnos, unidos pelos casacos se aquecem, trocando juras de amor momentâneo com promessas que sabem jamais serão cumpridas, mas que naquele instante são as mais puras verdades.

Os bares, com suas luzes piscantes e coloridas, guardam dentro deles desabafos, sonhos e histórias que são lavadas pelos goles do mais puro elixir do prazer, que em algumas vezes são brindados com uma gargalhada.

Músicas melosas circundam os solitários, fazendo-os crerem que foram compostas para eles e se deliciam sabendo que não estão só, pelo menos, não naquele momento.

Mulheres se vendem, mostrando os corpos como se fosse troféu para algum ganhador, que pagará para realizar sonhos, prazeres, paixão ou mesmo taras, e dividirão com o cafetão os míseros trocados, recebidos com muito sacrifício.

O carro roda, dentro dele alguém já não chora, as lagrimas foram substituídas por um sentimento de conforto, sabendo que a vida vive vivendo.

(Véio D'Prospero)

18 visualizações0 comentário