top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Reflexão - Tonhão Boca de Porco testou positivo para Covid 19, por Sylvio d Prospero

Nesta segunda-feira, no Blog do Alex Fraga, texto de reflexão do poeta e escritor de Curitiba (PR), Sylvio D Prospero, com seu texto intitulado " Tonhão Boca de Porco testou positivo.

Tonhão Boca de Porco, meu amigo de bar, testou positivo para Covid-19! Também... Tonhão era um irresponsável... pegava o ônibus lotado todos os dias... trabalhava na obra com outros irresponsáveis, convivia na favela onde mora, com outros irresponsáveis, enfrentava as filas do auxilio emergencial, juntamente com outros irresponsáveis, e ainda tomava umas lizas no Antro Etílico, boteco que costumamos frequentar, com outros irresponsáveis! Tonhão usava máscaras, tinha duas, usava no trabalho o dia todo, suado, com ela normalmente abaixo do nariz, pois com o calor era difícil respirar. É... Tonhão "é" um irresponsável, mesmo sendo um personagem criado para ter suas crônicas rabiscadas, com otimismo, sabedoria e alegria, mas um dia encontrou com o vírus, que todos nós estamos expostos para encontrar; Dei uma passadinha na casa do Tonhão, ele a esposa estão de quarentenas, sem poderem sair para trabalhar, e trazer alimentos para os cinco filhos. Ele me recebeu pela janela aberta, da casinha de madeira velha, na favela do "Vintém da esperança", com aquele sorriso que conheço muito bem, e foi logo me gritando: - Seu Silvo, ú sinhô pur aquí???? - Ôjí num vamu tomá uma liza nu Antrú Intilicu, mai Deus pai vai cuidá dimim e da minha famia, Eli vai virá esti virus prú otru lado, í tudu vai se arresorvê, í eu vórtu pru trabaio, daí nóis toma umas liza í batí um papão! Olhei pro meu amigo, coloquei o sacolão de alimentos que coletei com outros amigos e com o Saidera, o dono do Antro Etílico o boteco que costumamos frequentar, na porta da casa, com os olhos cheios de lagrimas mas com a certeza de que Deus vai cuidar dele, lhe ascenei com a mão fechada e gritei: - Vai dar tudo certo Tonhão! Tamos juntos amigo! Tonhão me agradeceu, chamando as crianças e a Dita sua esposa, para me agradecerem também, e ao pessoal do Antro. Saí cabisbaixo pensando se rabiscaria esta passagem do meu amigo, e qual seria seu final, quando ouví um grito: - SEU SILVO, RABISCA EU Í Ú VIRUS LÁ, QUÍ PERSONAGE SÓ MORRE, SÍ Ú SEU CRIADÔ QUIZÉ!!! (Véio D'Prospero)

Meu retrato, tomando uma liza no Antro Etílico, feita com carinho pelo meu amigo Acir Alves, ilustra meus rabiscos sobre Tonhão!!!

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page