• Alex Fraga

Reflexão - Tonhão Boca de Porco testou positivo para Covid 19, por Sylvio d Prospero

Nesta segunda-feira, no Blog do Alex Fraga, texto de reflexão do poeta e escritor de Curitiba (PR), Sylvio D Prospero, com seu texto intitulado " Tonhão Boca de Porco testou positivo.

Tonhão Boca de Porco, meu amigo de bar, testou positivo para Covid-19! Também... Tonhão era um irresponsável... pegava o ônibus lotado todos os dias... trabalhava na obra com outros irresponsáveis, convivia na favela onde mora, com outros irresponsáveis, enfrentava as filas do auxilio emergencial, juntamente com outros irresponsáveis, e ainda tomava umas lizas no Antro Etílico, boteco que costumamos frequentar, com outros irresponsáveis! Tonhão usava máscaras, tinha duas, usava no trabalho o dia todo, suado, com ela normalmente abaixo do nariz, pois com o calor era difícil respirar. É... Tonhão "é" um irresponsável, mesmo sendo um personagem criado para ter suas crônicas rabiscadas, com otimismo, sabedoria e alegria, mas um dia encontrou com o vírus, que todos nós estamos expostos para encontrar; Dei uma passadinha na casa do Tonhão, ele a esposa estão de quarentenas, sem poderem sair para trabalhar, e trazer alimentos para os cinco filhos. Ele me recebeu pela janela aberta, da casinha de madeira velha, na favela do "Vintém da esperança", com aquele sorriso que conheço muito bem, e foi logo me gritando: - Seu Silvo, ú sinhô pur aquí???? - Ôjí num vamu tomá uma liza nu Antrú Intilicu, mai Deus pai vai cuidá dimim e da minha famia, Eli vai virá esti virus prú otru lado, í tudu vai se arresorvê, í eu vórtu pru trabaio, daí nóis toma umas liza í batí um papão! Olhei pro meu amigo, coloquei o sacolão de alimentos que coletei com outros amigos e com o Saidera, o dono do Antro Etílico o boteco que costumamos frequentar, na porta da casa, com os olhos cheios de lagrimas mas com a certeza de que Deus vai cuidar dele, lhe ascenei com a mão fechada e gritei: - Vai dar tudo certo Tonhão! Tamos juntos amigo! Tonhão me agradeceu, chamando as crianças e a Dita sua esposa, para me agradecerem também, e ao pessoal do Antro. Saí cabisbaixo pensando se rabiscaria esta passagem do meu amigo, e qual seria seu final, quando ouví um grito: - SEU SILVO, RABISCA EU Í Ú VIRUS LÁ, QUÍ PERSONAGE SÓ MORRE, SÍ Ú SEU CRIADÔ QUIZÉ!!! (Véio D'Prospero)

Meu retrato, tomando uma liza no Antro Etílico, feita com carinho pelo meu amigo Acir Alves, ilustra meus rabiscos sobre Tonhão!!!

18 visualizações0 comentário