• Alex Fraga

Reflexão - "Solidão", por Sylvio D Prospero

Segunda-feira no Blog do Alex Fraga é dia de texto do escritor e poeta de Curitiba (PR), Sylvio D Prospero, com "Solidão".


REFLEXÃO - SOLIDÃO

Aí você é informado que, irá ao mundo em forma de flor, será uma linda Flor de Maio, de cor púrpura, irá enfeitar uma sala, dependurada de uma rama, mas que terá poucos dias de vida. Aí você faz planos para esta pequena estadia na terra, numa sala, e se prepara para ser a mais bela Flor de Maio. A mãe natureza então, com o auxilio da mão de um ser humano, se encarrega de produzir, dentro de um vaso, os caules da minha vida, onde estarei florindo no mês de maio. Me contive, por meses, aguardando o mês da florada. Enfim, lá saio eu, todo faceiro, me contorcendo soltando minhas pétalas púrpuras e feliz por enfeitar uma sala. - Vou jogar esta Flor de Maio no lixo, estamos em julho, agora que me aparece uma única flor em todas as ramadas, como se quisesse me agradar!!?? Balancei minhas pétalas, surpreso e triste pelas palavras ouvidas dentro daquela sala, por uma pessoa que eu deveria agradar, e reparei que, realmente o mês é julho, e sou apenas eu nas ramadas. Pergunto então à mãe natureza, o que ocorreu comigo, porquê nasci em julho e sou a única flor de todas as ramadas do vaso? A resposta foi curta, e objetiva: - Pergunte à mão do homem!!! (Véio D'Prospero)

28 visualizações1 comentário