top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Reflexão - Ser um Passarinho, por Sylvio D Prospero

Segunda-feira no Blog do Alex Fraga é dia de reflexão com o poeta e escritor de Curitiba (PR), Sylvio D Prospero, com "Ser um Passarinho"


REFLEXÃO - SER UM PASSARINHO

***(dedicado à minha neta Natália) (Véio D'Prospero)

Naquele sonho, na minha infância, acordei querendo ser um passarinho, para voar pelas copas das árvores, ciscar pelo terreiro, bicar e me alimentar de pequenos insetos. Queria cantar no raiar do dia, alegrar as pessoas, e no entardecer cumprimentar a noite e descançar com a amada no ninho. Em meu sonho, Deus ouviu meu pedido e me fez um pássaro, porém um pássaro que não cantava, voava baixo, não construía ninho e nem tinha uma amada, além de não ter penas coloridas e vivas para encantar as pessoas, apenas vivia saltitando e ciscando para comer e sobreviver; Minha decepção foi enorme, me revoltei, afinal não era aquilo que eu sonhava. De repente vejo um garoto com um bodoque (alguns falam estilingue) nas mãos, pronto para atirar uma pedra em mim, me preparo para o impacto, tremendo, pois mesmo revoltado não queria morrer, naquilo um belo pássaro, todo pomposo, colorido, voando alto, pousou na copa do Ipê Roxo florido, e começou à cantar, o garoto então se esqueceu de mim, esticou o bodoque e o tiro foi certeiro, derrubando o belo pássaro. Me sacudí todo, e feliz saí saltitando, mudo, feio, ciscando meu terreiro, solitário, comendo e sobrevivendo. Lógo acordei, porém até hoje fico pensando naquele sonho da infância, buscando entender o que Deus quiz me dizer. (Véio D'Prospero)

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page