• Alex Fraga

Reflexão – “Pequenas flores do campo”, de Sylvio D’Prospero



Mais um texto de reflexão do poeta e escritor Sylvio D`Prospero, hoje residindo em Curitiba (PR). - - - - -

PEQUENAS FLORES DO CAMPO

Elas passam despercebidas, são muito insignificantes diante das belezas exuberantes da natureza, do pôr ou nascer do sol, das nuvens, das estrelas e até do piscar dos vaga-lumes. Não percebemos as pequenas flores do campo, tão pequenas e escondidas, são pisoteadas como se fossem um tapete para não riscar o chão. Se olharmos bem veremos o colorido fascinante destas pequenas flores, que se invertessemos a terra, fazendo-a se transformar no céu, elas com certeza seriam as estrelas, numa constelação de cores e luzes à piscar. Ao andar no campo, no jardim, nas calçadas, procure olhar para baixo e se possível ficar bem próximo delas, e sinta então o perfume que exalam e, como num sonho flutuem sobre elas e perceba que, apesar de pequenas e menosprezadas, elas representam a significância da razão de ser e estar!

(Véio D'Prospero)

20 visualizações0 comentário