• Alex Fraga

Reflexão - Diário de uma Idosa 82, por Joana Prado Medeiros

Quarta-feira, dia de reflexão no Blog do Alex Fraga com a historiadora, professora universitária, poeta e escritora de Dourados (MS), Joana Prado Medeiros, com seu Diário de uma Idosa 82.

De todas as saudades a que mais me encanta e faço morada e rendo tapetes vermelhos é a saudades que tenho de mim!!!!!!...Quando por ora ouço um Jazz e um Blue quando acho por acaso uma meia fumê perdida em meus guardados suspiros e ais deitam recordações de uma Joana Valente e namoradeira por excelência e inveterada defensora de seus sonhos aquela que lutava por seus trabalhos e para respirar com crises de asma e por repetidas pneumonias carregava uma caixinha de lenços e entre uma tosse, lia, cantava e ria e namoros e trabalhos tecia...Saudades da minha imensa irresponsabilidade com os sentimentos alheios, saudades das irreverências de não poupar medos e nem horas...Saudades do tempo que fui eu sem reservas e sem máscaras sem medos das discórdias e pagava pra ver...Saudades da coragem de amar que acreditei que nunca iria acabar...Casei 4 vezes e foram relacionamentos longos o que durou menos tempo foi de 8 anos...E todos terminaram à meu pedido e sou hoje amiga de todos os ex...Saudades do tempo que não imaginava nada e nem tentava adivinhar o que o outro sentia...X e Y agora transita no meu céu de anil, terei que atravessar o lodo umbralistico por ter sido e tido a coragem de ser eu?! Se no escuro da noite afirmo desde sempre que não desfaço de meus planos e sonhos por nada e por ninguém...E que ninguém é esse que não reconheço nem por um segundo? Agora que fui...Estou sendo!!!! E seguindo o "meu fui"...Continuo a toada e agora revendo: São tantos sim que são não é tantos não que são sim...Contudo Afrodite no Olimpo esta e quem é não deixará de ser jamais...

(Joana Prado Medeiros - 27/11/2021) É Pandemia.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo