• Alex Fraga

Reflexão - Diário de uma Idosa 67, por Joana Prado Medeiros

Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de reflexão com o texto da historiadora, professora universitária, poeta e escritora de Dourados (MS), Joana Prado Medeiros com seu Diário de uma Idosa 67.


Onde minhas noites de jazz e devaneios irão dormir quando esquecidas na memória noites redes desfraldadas de sonhos?... Quem irá soprar para mim os meus ditos ais?...

Quem virá me fazer lembrar da aragem fria? Das músicas que em cismar sozinha eu sonhava? Irei eu recordar as nuances que me acoberta? Terei forças para relembrar dos feitos e não feitos? ...Qual xícara minhas mãos trêmulas irá levantar? Em qual poema o meu murmúrio de dor irá se ancorar? Repetir fragmentos feito oração? Em qual varal meu sonho será estorricado ao sol? Qual a fronha com meu pranto e cheiro irá ficar? Por que me tenho se fui??? Aguardo a veste que me falta vestir...Se tenho todo o arco íris nas mãos e ainda me falta a sombrinha? ...Por que a dor me assola se a dor maior ainda não conheço? ...Por que me adianto se a vida é atraso?...Cadê a pupila que estava aqui?

( Joana Prado Medeiros - 07/10/2021) É Pandemia.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo