• Alex Fraga

Reflexão – Diário de uma Idosa 41, por Joana Prado Medeiros

Sexta-feira, no Blog do Alex Fraga texto de reflexão da historiadora, professora universitária, poeta e escritora de Dourados (MS), Joana Prado Medeiros, com "Diário de uma Idos 41".



Maninho...Te imagino meio gordo rsrsrs com barriga de cerveja e com joelhos denotados pelos tombos da moto com a clavícula comprometida e com a barba prateada iluminada pelos cabelos prata ...Te imagino cinquentão todo charmoso de calça jeans e tênis surrado...com mãos de funcionário público carregando nas unhas restos de graxa dos motores que você tão bem envenena... Que você sabe tão bem fazer...( FAZIA) Te imagino chegando em minha casa rindo e me dizendo qual é, Qual foi? por que que tu na nessa? Que ficas indignado com o meu varal e a pia da minha cozinha...Te imagino abrindo meu armário e vasculhando a geladeira e gritando - como você está vivendo?! Que é isso? Você pensa que só livros te alimentam!? Te imagino comendo como sobremesa um prato de puro feijão...Te imagino dizendo para mim: Maninha, cadê o conhaque presidente?! Se é para morrer vamos morrer com veneno...Eu te imagino ...Em meus sonhos te vejo...Te vejo e vejo...E agora aqui na terra você já é vovô ...E sei que tua moto de trilha na garagem ainda existe...E seu carro fuçado seria extensão de seus braços...Te imagino rindo para mim e me censurando dizendo: deixe os livros maninha...Viva!... Maninha você é besta!!!...E sua última frase foi: eu sou bonito! ...Com meus chinelos que você pegou enquanto eu dormia... Você se foi!?...Maninho...maninho..maninho...inho... pequenininho...dor grande pra sobreviver fica tiquinho...

( Joana Prado Medeiros- 25/06/2021) É Pandemia.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo