top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Reflexão - Diário de uma Idosa 205, por Joana Prado Medeiros



Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a historiadora, poeta, professora universitária e escritora de Dourados (MS), Joana Prado Medeiros, com Diário de uma Idosa 205.


CASO DO ACASO...


Nunca imaginei que aos 66 anos de idade eu iria ter tanto trabalho, na verdade eu pensava na velhice como se fosse uma mola espiral azul que eu iria estar no topo feito uma bonequinha de pano tipo um enfeite na janela. Assucede, que a vida é caprichosa e tece com farpas o dia a dia ( Será que tem crase esse a? Vixi, não sei) O pêndulo que me balança é revestido de suor...Sem tirar nem pôr e haja couro e couraça para aguentar. Os dias passam no fundo da agulha com mega velocidade feito uma toalha de tricô em cima de um vulcão, são chamuscados de milagres... São tão interessantes quanto uma poesia. Não dá nem para reclamar nem louvar só o espanto basta, bem isso a poesia é espanto e ponto. Sigo de esguio, envergada as vezes esbarro no bico de uma estrela, sangra um bocado, dói mas curo a chaga no clarão da lua a casca da ferida sai com o calor do sol. Vivo amolando a faca da coragem e bordando o focinho do amor por ora mal tenho mãos para apertar a boca do saco de lixo onde o medo está preso, o saco está quase cheio, não pode vazar é perigoso. Credo em cruz! Digo ao vento que nem vem que não tem, tenho raízes, vagalume vêm vêm teu pai tá aqui sua mãe também.


( Joana Prado Medeiros - 20/02/2024 - Direitos Autorais Lei 9.610, 19/02/98)

14 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Feb 22
Rated 5 out of 5 stars.

❤️❤️❤️❤️👏👏👏👏👏🤜

Like

Guest
Feb 21
Rated 5 out of 5 stars.

Adoro suas reflexões!

Like
bottom of page