top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Reflexão - Diário de uma Idosa 159, por Joana Prado Medeiros

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de reflexão com a professora universitária, historiadora, poeta e escritora de Dourados (MS), Joana Prado Medeiros, com seu Diário de uma Idosa 159.


DIÁRIO DE UMA IDOSA 159


Semana passada, eu chorei dois dias seguidos... Não consegui, decodificar a dor. Sei que ela vazava por todos os poros, não sei verbalizar, nem mesmo descrever essa vontade soberana de gritar chega pare o carrossel quero descer. Um desconto ferrenho entre o respirar e a batida do coração, um descompasso, um som destronado do respirar com o inspirar. O olhar turvo e uma leve sensação de tonteira as paredes flutuando, em leves vertigens desenhando o ser sendo e o ser partindo. Coloco sal debaixo da língua quem sabe cura ou quem sabe sobe. Um som de infância quebrado, de juventude ferida e de "idosisse" idoso idade com prazo de validade vencido. O relógio marcando o tempo e o destempero marcando os minutos. Quem sabe decifra quem não sabe entra em goma, sem goma de mascar induzido rasteja e pronto...Chora, e daí?!


( Joana Prado Medeiros - Respeite Direitos Autorais Lei 9.610, 19/02/98)

14 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page