top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Porto Murtinho - "Feirinha" valoriza a gastronomia fronteiriça e gera renda aos MEIs



*** Silvio de Andrade*** - - -


Ponto de encontro das famílias murtinhenses, de quem saia das festas na madrugada e precisava recuperar as energias com uma boa alimentação e também dos turistas, a tradicional Feira Livre de Porto Murtinho foi reaberta pelo prefeito Nelson Cintra.

Abandonado por gestões anteriores, o espaço comercializa a típica comida fronteiriça, destacando-se o lambreado, prato da culinária paraguaia muito apreciado e de alto valor nutritivo, e oportunizou negócios para dez pequenos comerciantes de baixa renda.


“Aqui está o testemunho do diferencial da nossa administração, que é investir nas pessoas, apostando na capacidade dos murtinhense de empreender e montar seu comércio”, disse o prefeito Nelson Cintra ao visitar o novo espaço reformado em sua gestão com recursos próprios. Segundo o prefeito, a Feirinha faz parte do projeto de recuperação dos bens da cidade, proporcionando mais ganho e fortalecendo os pequenos negócios, além de propiciar mais entretenimento à população e aos visitantes. “Vivemos um novo ciclo de desenvolvimento com a Rota Bioceânica”, frisou.


O povo pedia sua volta - O novo point gastronômico fica localizado no centro da cidade, ao lado da Praça de Eventos e do Mercado do Produtor, cujo prédio também está sendo revitalizado pela prefeitura. São dez boxes disponibilizados aos MEIs, com ampla área para degustação.

No local, são comercializados desde salgados e lanches (pastel, sopa paraguaia, chipa, esfirra, bolos, tapioca, torta de frango, salsicha assada), o famoso lambreado, comida caseira (marmitex), utensílios domésticos, vestuários, alimentos a granel e enlatados, além de bebidas. “Era comum pessoas saírem das festas e vir aqui comer o lambreado (bifão encapado com trigo e farinha de rosca, servido com mandioca)”, lembra a feirante Rosana Centurion.


“É um espaço muito querido pelos murtinhenses, ficou muito bonito com a reforma. Agradecemos ao prefeito Nelson Cintra por resgatar a nossa feira, o povo pedia a sua volta”, completou. “Nossa renda praticamente dobrou”, comemora Lucas Villalba, esposo da feirante Ozilda Arguelho.



Econômico e social - A Feirinha foi reaberta em fevereiro e em breve serão instalados ventilares na área de degustação, uma parceria da prefeitura e Câmara de Vereadores. Na ocasião de sua visita, o prefeito Nelson Cintra anunciou o recapeamento asfáltico da rua Doutor Correa, que passa em frente ao estabelecimento.

O secretário de Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Clayton Castilho, disse que as readequações no espaço vão diversificar a comercialização e melhoria da qualidade dos produtos e oferecer mais conforto aos clientes.

“Além de valorizar a cultura local e seus costumes, a feira contribui para o desenvolvimento econômico e social da cidade, sendo um meio de convivência e onde se experimenta um cotidiano de diversidades e a socialização”, sintetizou.


*** É jornalista

12 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 commentaire

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
Invité
10 avr.
Noté 5 étoiles sur 5.

Maravilha.

Carlos Henrique

Gisele Gomes - Bela Vista MS

J'aime
bottom of page