• Alex Fraga

Ponta Porã - Curso online contará história da música brasileira

Neste sábado (16), a partir das 13 horas (14 horário Brasília), acontece a live de lançamento do Curso de Extensão "Música: Historicidade no Brasil", que será ministrado pelo jornalista, radialista e produtor cultural, Luis Carlos Pael e promovido pela Faculdade Cesufi, em parceria com Fetac. As aulas serão transmitidas ao vivo através da plataforma Google Meet, todos os sábados das 13hs às 14:30 hs (horário MS) ou seja (14 às 15:30 ) horário Brasília. O curso tem inicio no dia 30 deste mês e terá duração de 8 (oito) meses.

A proposta é abordar todos os caminhos que fizeram com que a Música Brasileira, fosse considerada a mais rica e diversificada do mundo. O trajeto vai desde o descobrimento do Brasil, passando pelos nossos índios, o período vergonhoso da escravidão, o surgimento do Chorinho, o nascimento do Samba, o Carnaval, os grandes sambistas, a era do Rádio e as grandes vozes que marcaram época. A Bossa Nova que extrapolou fronteiras e conquistou o mundo. O inesquecíveis festivais, o Tropicalismo, A Censura na Música Brasileira, os loucos e transformadores anos 70, a mistura do Psicodelismo e do Rock com a MPB, As telenovelas e a MPB, os discos clássicos que marcaram época, a Música Instrumental Brasileira, as cantoras notáveis, O Malditos Benditos da MPB, entre tantos outros itens que contam a apaixonante trajetória da Música Brasileira.

Tudo pela Música - Luiz Carlos Pael ao longo de sua vida, de uma forma ou de outra, sempre esteve ligado a Música. Como jornalista, sua profissão de origem, teve a oportunidade de atuar como editor do Caderno de Cultura de vários jornais diários, em Dourados (MS) e Campo Grande (MS), onde sempre escreveu sobre música, analisando discos, shows musicais, bem como avaliando o trabalho de cantores e bandas. Como radialista, além do cargo de diretor de Jornalismo da FM Grand Dourados, era responsável pela programação musical da emissora, onde o seu trabalho obteve muito sucesso. Além disso, atuou como diretor de Programação Musical da Rádio Ativa, a primeira Rádio Rock do Estado e na FM Canarinho, em Campo Grande

Pael proprietário de jornais semanários e de sites. Além disso, foi diretor musical ao lado do radialista e jornalista Ciro de Oliveira, do evento denominado "Caramujo Som", que marcou a reabertura do Teatro Glauce Rocha, em Campo Grande, com a presença dos grandes nomes da música de MS e que culminou com a gravação de um disco ao vivo. Teve uma longa atuação na área de shows pelo MS, sendo responsável pela realização do Fest Pira - Festival de Música na beira do Rio Aquidauana, no Distrito de Piraputanga, que teve a presença de nomes como o saudoso Geraldo Roca, Chalana de Prata, Geraldo Espíndola, Bando de Velho Jack e Bêbados Habilidosos. Também merecem destaques os shows com Zé Geraldo, Made In Brasil, Almir Sater, Sá e Guarabira e o foi o criador do consagrado Projeto Frutos da Terra em Dourados. Vale mencionar que Luis Carlos Pael cuidou da divulgação do primeiro Festival de Blues e Jazz, de Bonito.

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo