top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Wardrobe – Guarda-Roupas - Kleiderschrank, por Paula Valéria Andrade

Sábado no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a escritora e poeta de São Paulo (SP), Paula Valéria Andrade, com o poema intitulado: Wardrobe – Guarda-Roupas - Kleiderschrank



Wardrobe – Guarda-Roupas - Kleiderschrank


Pendurei velhos fantasmas,

no armário.

Tranquei as portas,

apesar da existência

das frestas.


Pendurei as roupas

dos personagens

que não mais represento,

ou que habitam

distantes paisagens sonoras.


Pendurei o passado e os recados.


Pendurei nos cabides

a máscara,

joelheiras,

chuteiras, e a toalha.


Tirei as correntes.

Desabotoei os dentes.

Cortei as cordas.


Reanimei os sentidos. Acalmei os

ouvidos. Olhei através do vidro.


Voltei a ser gente,

caminhando leve

e livre e solta, de repente.


Do livro Amores Líquidos e Cenas 2018

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page