Poesia - Vê se pode esquecer sonho no chão, por MIrian Camacho

Sábado no Blog do Alex Fraga tem poesia da cantora, compositora, poeta, professora de dança e artes, Mirian Camacho como " Vê se pode esquecer sonho no chão".

Já vai longe o dia Que em passos leves subi uma escada pintada de vermelho. Entrei pelo espelho e cheguei onde a porta entreaberta deixava ver um sonho caído no chão. Mesmo escondido num pano amassado, jogado sem jeito, feito coisa que não serve mais ... Do lado de fora dava pra ver, e eu quase ouvia a voz mansa do sonho sonhado por alguém. Alguém que encantado por um desenho novo Foi embora pela janela amarela Foi e deixou o sonho lá Amarelando com o tempo. Eu que gosto de amarelo, abri a porta entreaberta Peguei o sonho, dei asas e fiz voar. Em céu aberto, liberto, virou estrela.

Quem sabe essa estrela que enfeita a noite enquanto eu desço a escada pintada de vermelho e pelo espelho volto pro lado de cá Feliz porque salvei um sonho no meu sonho, volto a sonhar.

(Vê se pode esquecer sonho no chão...)

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo