top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Véus em Gris, por Nelson Araújo Filho



Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o advogado, poeta, escritor e presidente do Instituto Agwa, Nelson Araújo Filho, com "Veús em Gris"


VÉUS EM GRIS


Os sonhos da tristeza

Finalmente

Foram velados à mesa.

Carpideiras em coro

Como convém.

Compassadas rangeduras.

Solenes, medidos

Passos de ensaios sob o véu.

Defunto insepulto

A esperança, desde que morreu.

Das ruas lançaram flores.

Poucos e algumas.

Ficaram de cheiro em nossas roupas.

- Venha, vamos com a banda!

Seu desafino desce com fé dos montes.

Sustém a elegância no desalinho dos mortos.

- Te ajudo com a cruz!

À cada geração, seu desvio,

No caminho até a cova

Sem resgate

E o anjo do Senhor.

Não suportaria tua dor.


Nelson Araújo Filho

40 visualizações6 comentários

Posts recentes

Ver tudo

6 commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
Invité
08 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

Profundidade poética

Alexandre Ferrari

Salvador BA

J'aime

Invité
08 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

Mato Grosso do Sul tem grandes poetas. Nelson Araújo Filho é um deles. Gostaria de saber se ele tem livro disponibilizado na internet. Como posso saber?

Lorena Leite - Goiânia GO

J'aime

Invité
08 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

Muito forte e reflexivo.

Carla Monteiro - Fortaleza CE

J'aime

Invité
08 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

Nelson Araújo é diferenciado. Lindo poema.

João Carlos Magno


Campo Grande MS

J'aime

Invité
08 mai
Noté 5 étoiles sur 5.

Poema de alma.

J'aime
bottom of page