top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Um porto, por Nelson Araújo Filho


Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o advogado, poeta, escritor e coordenador do Instituto Agwa, Nelson Araújo Filho, com "Um porto".


Um porto


Trouxe-te dálias amarelas

Aninhadas no vermelho dos aguapés

Os jacintos brancos misturei às verbenas

De viço orvalhado e as asas mimetizadas de pétalas.

Junto da pérgola os deitei.

Pensei ornar com o reflexo

De tua graça, o corte no barranco

Escorrendo lento até o porto.

Meus olhos perseguem o murmúrio da corrente

Não entendem das cores que se casam

E amanhecem indistintas no arco

Unindo tuas mãos às minhas.

As águas me agitam. Inchado. Inchando

Rompendo em bocas, derrapando sem foz.

Imaginei mil formas sublimes

Dez mil sôfregas e febris.

Meu desejo não se conforma em nenhum deles.

Vou te entregar essas águas, elas todas,

Incontidas, abertas no mundo.

Entrego-te e logo, também o mundo.

E mesmo nele me sufocam os limites.

- Que seja então o tempo !

Desde o mais remoto,

Com todas as intensidades,

Minha medida desforme de amor.

61 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo

5件のコメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
ゲスト
2023年11月08日
5つ星のうち5と評価されています。

Lindo poema. Parabéns

いいね!

ゲスト
2023年11月08日
5つ星のうち5と評価されています。

Coisa mais linda são seus versos a cirandar no Porto, Poeta Nelson! Tocou-me a alma ora reclusa. Um Salve a ti!

いいね!
ゲスト
2023年11月08日
返信先

Seus olhos são mais doces e intensos que os versos

いいね!

ゲスト
2023年11月08日

Lindo poema de amor incondicional

いいね!

ゲスト
2023年11月08日

Lindo poema de amor incondicional

いいね!
bottom of page