• Alex Fraga

Poesia - Um grito para igualdade, por Gerson Marques Camargo

O espaço de poesia da terça-feira, no Blog do Alex Fraga é com o poesia e escritor de Rio Brilhante (MS), Gerson Marques Camargo, com seu poema "Um grito para igualdade".

Um Grito Para Igualdade


Um mundo tão desigual, onde na mesa falta o pão, tudo se faz natural, até a maldade e a corrupção.


Na vergonha de ser honesto, a justiça virou utopia, onde o cinismo manifesto, cresce como a luz do dia.


Nossos caminhos são distantes, na distancia que nos separa, encontrar uma luz no horizonte, tornou-se remota e muito rara.


O coração do homem se corrompeu, tomado pelo egoísmo e a ganância, tudo se perdeu pelo caminho, ate a lealdade e a confiança.


Na falta de ternura e carinho, o amor perdeu sua razão, tantas pedras pelo caminho, falta companheirismo e união.


E o futuro das nossas crianças, os nossos pequeninos e inocentes, fontes de toda a esperança, para um mundo melhor e onipresente.


Não existe mais amizade sincera, dona da franqueza e a verdade, o sorriso franco que pondera, perdeu seu lugar para a traição e falsidade.


mas...o futuro ainda esta por vir, na esperança de um novo amanhã, sempre haverá um novo porvir, ele chega como uma chuva temporã.

Gerson Camargo