• Alex Fraga

Poesia - “Tristeza”, nas palavras realistas de Gerson Marques Camargo


O escritor e poeta de Rio Brilhante (MS), Gerson Marques Camargo mais uma vez mostra toda sua sensibilidade com o poema “Tristeza”.



Tristeza


Oh! Tristeza!

Quanta decepção!

Um país sem oração,

onde não existe união,

falta partilha e comunhão,

o amor esta perdendo a razão,

na mesa esta faltando o pão.


Não existe mais empatia,

somos mais um na multidão,

o sorriso e a alegria,

se perderam na escuridão.


Aonde estão os nossos políticos,

não tem compromisso com a nação,

o povo vivendo em cortiços,

onde a cama é um papelão.


Defendem seus interesses vis,

sem patriotismo ou emoção,

são a escoria de um pais,

onde seu povo vive de ilusão.


Tudo seria tão diferente,

mais saúde, segurança e educação,

um povo livre e independente,

sem egoísmo ou opressão.


Nosso pensamento é fugaz,

tão fugaz como a onda do vento,

a vida sempre quer mais,

mas tudo no seu devido tempo.


Um país se faz com harmonia,

com respeito a sua história,

que não tenhamos que dizer um dia,

tudo já se perdeu, até a memória,

aqui, jaz a poesia.


Gerson Camargo

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo