• Alex Fraga

Poesia - "Trato", por Sylvia Cesco

Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a escritora e poeta Sylvia Cesco, com seu poemeto intitulado "Trato"


Trato

Sylvia Cesco



Não, não, meu senhor:

- eu não tenho mais tempo para avessos.

Por acaso devemos persistir

nesse côncavo-convexo

de que são feitas as nossas feridas?


Ou quem sabe permitir

que os nossos pássaros

refaçam envelhecidas partituras

em uníssonas vozes seminuas?

Não creio, meu senhor, não creio.



Atravessar os muros do impossível

já é tarefa concluída,

embora saiba que a minha dor in (di)visível

ainda seja muito necessária

para expor-se às tuas garras de cobiça.


Façamos pois assim:

-antes que o tempo que a tudo desperdiça

e que apague de vez um sonho imprevisível

selemos para sempre nossa boda imaginária.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo