top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Solidão, por Gerson Marques Camargo

Terça-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia do escritor e poeta de Rio Brilhante (MS), Gerson Marques Camargo, com seu poema intitulado Solidão.

Solidão

Que a paz que procuro seja a paz que mereço que eu seja minha luz no escuro nas coisas que desconheço.

Que a paz por nós desejada venha com a brisa do vento que entre tudo e o nada não falte o amor e o alimento.

Que a poesia traga a resposta para os descaminhos e a solidão encontre o caminho, enquanto se possa com a força que vem do coração.

Que eu tenha entendimento da solidão que me domina que possa ouvir o meu silêncio ouvindo a voz de Deus que ilumina.

Que eu tenha coragem para avançar e força contra as coisas do mundo para a boa semente semear em um solo fértil e fecundo.

Que o desejo de fazer o bem seja muito maior que o mal que os caminhos para se ir alem possam se abrir, de maneira sobrenatural.

Que a minha solidão traga entendimento e sabedoria que possa encontrar a razão fraternidade, comunhão e harmonia.

Que metade de mim seja amor desperte o sorriso de alguém para que eu leve a luz e o calor a outra metade também...

Gerson Camargo

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page