• Alex Fraga

Poesia - "Sinhá Rendeira", por Sylvia Cesco

Sexta-feira no espaço de poesia do Blog do Alex Fraga, "Sinhá Rendeira', poema da escritora e poeta sul-mato-grossense Sylvia Cesco.


Sinhá Rendeira

Sylvia Cesco


Me rendilho

de rodilhos , entre as rendas

das rimas raras.


Me arrepio

de rodopio em rodopio,

refeita a cara.


Me rendo

na rede- redemoinho,

à rosa refletida.


Me revelo

rascunho repousado

em rama retorcida .


Me rio

dos rubros rumores

resvalando em relvas.


Me repouso

em rápidas renúncias

reascendendo ritos

para o seu retorno

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo