top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Sinais, por Paulo Portuga

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia do professor, músico, compositor, poeta e escritor Paulo Portuga (Dourados MS), com seu "Sinais".

Sinais

O seu amor Me dá sinais

Que está no fim Eu insisto Quero um abraço teu Mesmo que seja frio Estou solitário e boêmio Preciso do seu doce veneno Não sou cego Mas custo a enxergar Prefiro você sorrindo Que te ver chorar E essa dor no peito Parece que não Tem mais jeito Que não vai mais passar Hoje a felicidade É uma palavra triste O amor ainda existe? Não precisamos mais De desespero Não precisamos mais Derramar nossos sentimentos Não precisamos mais Pedir perdão Cada um sabe mais Do que qualquer conselho Não precisamos mais Guardar segredos É melhor Cada um seguir O seu destino Então me dê um corte de morte Ou um caminho cheio de espinhos Só para facilitar...

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page