top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Semear, por Paulo Portuga

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o professor, poeta, escritor e músico, Paulo Portuga, de Dourados (MS), com seu Semear

Semear

***Para Cazuza


Olha só Do jeito que estou No rock and roll Não pode haver dor O mundo é sem vergonha E triste demais E o amor? O amor É a semente do bem Faça-o brotar Não consigo ser assim Sei lá, sem mais Sei que há verdades Mentiras e tudo mais E você? Você é meu amor Com você eu vou Eu quero paz Tem coisas pequenas

Que nos rodeiam Quase despercebidas Tão efêmeras e líquidas Que necessitam Ser bebidas Antes que se findem Precisam ser ditas Para que o vento As levem de volta Ao chão Onde estou agora Para semear Porque o amanhã Não é um lugar E a vida? A vida é breve Breve demais E daqui a pouco Não estarei mais.

Para cazuza

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Bình luận

Đã xếp hạng 0/5 sao.
Chưa có xếp hạng

Thêm điểm xếp hạng
bottom of page