top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Seja onde for, por Paulo Portuga

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o escritor, poeta, músico, compositor e professor Paulo Portuga (Dourados MS), com Seja onde for


SEJA ONDE FOR


EU SOU A AREIA QUE SE MOVE NA BEIRA DO RIO EU SOU O AMOR QUE PARO O MAR FLUIU EU SOU A DOR QUE PASSOU A FLOR E O ESPINHO EU SOU QUALQUER COISA QUE SURGIU NO MEIO DO CAMINHO.

NÃO ME VENHA FALAR SOBRE QUEM EU SOU PORQUE EU JÁ MUDEI DE COR EU SOU MAIS... SOU O SABOR DE MARES ANCESTRAIS SOU CORES NOS PANTANAIS.

EU SOU O QUE VOCÊ NÃO QUERIA NÃO SOU O QUE TE BASTARIA EU BEM SABERIA ONDE COMEÇA E ONDE TERMINA O SOM QUE IMAGINA EU SOU A NOITE LONGE DA SELVAGERIA A CACHAÇA DO DIA O SUOR DO CANSAÇO A CHAVE MESTRA O FIO DESENCAPADO QUE TUDO LIGARIA EU SOU VOCÊ CASO NÃO SABIA...

EU SOU UM LUGAR ONDE VOCÊ PODE JOGAR O SEU JOGO DE AMOR SEJA ONDE FOR SEJA ONDE FOR SEU JOGO DE AMOR...

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page