• Alex Fraga

Poesia - "Se tiver espinho, eu tIro", por Mirian Camacho


Sábado, o espaço da poesia no Blog do Alex Fraga é da cantora, compositora, professora de dança e arte, Mirian Camacho com seu poema "Se tiver espinho, eu tiro".


Acordei beirando o dia e a casa vazia balançou a rede pra eu dormir um pouco mais... Pouco mais que um segundo, um tempo pra mudar o mundo e o rumo da prosa com a vizinha que já estava na janela cuidando a rua e a panela Um pra saber da vida , outro pra dar prazer . Com a pimenta que colocou na carne ela espera o arrepio que lá de fora já não vem.

Eu espio distraída a vida pouca da vizinha, grito por dentro que não é minha e abro a porta pra respirar...

Rezo, escuto, esqueço... Tenho feito tanta coisa que o medo acredita numa vida grande feito gente, pendurada naquela janela me chamando pra pular... Mas é pra pular na rede, caindo no macio das palavras que escrevo, depois ganhar um beijo e ir tomar o café... Beirando o dia eu vou a pé que é pra encontrar flor no caminho. Se tiver espinho eu tiro. Aceno pra vizinha e sonho um sonho pra ela que de tanto ver a vida passar, embaixo daquela janela, já não sabe mais sonhar.

69 visualizações1 comentário