top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Rema Dor, por Carlos Magno Amarilha



Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta e escritor de Dourados (MS), Carlos Magno Amarilha, com Rema Dor.


REMA DOR


Corumbá quis passear

em Cuiabá

nadar de colete

para chegar zero bala

em Porto Murtinho

de Pedro Juan Caballero

animado pelo sanfoneiro o baile todo

ficou demais da conta

chegou em Coxim


pesou peixe pescado

de vara curta

Pintado

Pacu

no Taquari

de barco a manivela

de remo de aroeira

vai entender essas coisas

disse o turista

para o Zé Ruela

que estava sem um no bolso


(in: Prelo, 2024)

138 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo

5 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Mar 02
Rated 5 out of 5 stars.

👏👏👏

Like

Guest
Mar 01

Divertido ler coisas assim né, por incrível que pareça os peixes Pacu e Pintado são os que mais pesquei, por isso resolvi escrever aqui, outro mundo, nada, nosso Mato Grosso do Sul que tanto amo.

Virgínio Andrade do Nascimento Correia

Like

Guest
Mar 01
Rated 5 out of 5 stars.

Uma viagem em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul pelo Rio Paraguai e Taquari em turismo e pescaria. O poeta cantou meu estado querido, muito massa.

Abraços

Carlos Augusto Matta da Silva

Like

Guest
Mar 01
Rated 5 out of 5 stars.

O Zé Ruela sempre na boa

Like

Guest
Mar 01
Rated 5 out of 5 stars.

Parabéns...

Muito bom mesmo este versejar.

Maria Lourdes

Like
bottom of page