• Alex Fraga

Poesia - Recordando meu pai, por Gerson Marques Camargo

Terça-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia do escritor e poeta de Rio Brilhante (MS), Gerson Marques Camargo, com "Recordando meu pai".

Recordando Meu Pai


Vou contar o que aconteceu, foi na cidade de Uberaba, uma moça espiava na janela, quando eu passava com a boiada...


Ela então me perguntou!! Moço...qual é a sua profissão?? sou carreiro e domador, sou ginete e sou peão, boiadeiro do amor, pelos caminhos do sertão...


Ela saiu para fora, e logo me respondeu, nunca será genro do meu pai, nem namorado meu...


Eu respondi para ela, isso tudo não é nada, você é uma linda donzela, e eu, um peão de boiada...


Quando por aqui eu voltar, vou leva-la comigo, será a minha companheira, do seu pai eu serei, o genro e o amigo...


Vou carrega-la na garupa, no galope do meu alazão, vou fazendo upa upa, levantando poeira do chão.

Hoje ela mora no meu rancho, é a rainha do meu lar, fui levar uma boiada, minha prenda fui buscar.

dedicado ao meu pai

Gerson Camargo

34 visualizações1 comentário