• Alex Fraga

Poesia - Prisioneiro, por Benedito C.G. Lima

Terça-feira no espaço de poesia do Blog do Alex Fraga, de Corumbá (MS), Benedito CG Lima, poeta, escritor, compositor, ativista cultural e do movimento negro, professor, criador de entidades e movimentos culturais.

Prisioneiro


Sou prisioneiro do contexto

- gaiola da existência –

Cujo guardião lançou as chaves

No porão da solidão.

Não rezo

Não choro

Não brinco

E as palavras cruzadas estabelecem o xadrez invisível

Do qual não posso me arredar.

E a sentença é ad-perpetuam.





26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo