top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Preferências, por Sylvia Cesco

Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a escritora e poeta de Campo Grande (MS), Sylvia Cesco, com Preferências.


Preferências

Sylvia Cesco


Não sou apta para lágrimas

mas bem que eu já fui um dia

hoje , não sou mais:

-prefiro cuidar os riachos

desta terra cerradina:

os peixes neles hão de sobreviver,

pois nossas doces águas são

o que lhes fundamentam

e toda liquidez ainda lhes faz falta.

-Então, qual a medida da minha tristeza

diante da grandeza de suas úmidas vidas?


Não sou apta para sonhos

mas bem que eu já fui um dia

hoje não sou mais:

prefiro deixar as asas

para os pássaros

com elas, irão por certo cumprir o seu destino

de voar, voar, voar...

Então, qual o tamanho das asas deste meu sonhar

diante da azul imensidão do seu Infinito?


Não sou apta para banquetes

mas bem que eu já fui um dia

hoje e amanhã não serei mais:

prefiro repartir com meu irmão o alimento

e nele ajudar a brotar o sentimento

que o fará na humanidade acreditar.

Afinal, qual o sentido da fartura da minha mesa

diante de um pedaço de pão que mata a fome

dos famintos que o egoísmo lhes impôs jejum ?


-Nenhum, nenhum, nenhum!

19 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Dec 15, 2023
Rated 5 out of 5 stars.

Poesia reflexiva, momentos, preparação, mudanças, conhecimento, apagar velhos hábitos e repartir conhecimento, alimentos da alma.

Like
bottom of page