top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Para ela, por Sylvia Cesco

Sexta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a escritora e poeta de Campo Grande (MS), Sylvia Cesco, com "Para ela ".


Para ela

Sylvia Cesco


A renda esgarçada da manhã

despetala silêncios nos (in)desejados espasmos

das chuvas lavando as pedras das calçadas.

Pela vidraça da janela, vejo hortênsias molhadas

despedindo-se do inverno que nunca existiu.


Lá fora, por certo, deve haver cheiros hesitantes

de poesia no ar.

Mas eu, aqui dentro, estou calada

a observar os emaranhados reflexos

de uma gota solitária que se partiu em mil.


Ó, benta e sagrada chuva!

Seus pingos são delicadas borboletas

rebordando as pétalas do meu Tempo:

-Jardim de hortênsias, margaridas e violetas

onde, a cada esgarçamento matinal, eu me reinvento

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page