top of page

Poesia - O Caracol Leonardo, por Paulo Portuga

Quarta-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o professor, poeta e escritor de Dourados (MS), Paulo Portuga, com O Caracol Leonardo


O CARACOL LEONARDO


Leonardo é um caracol Que vive no meu jardim Depois da chuva passeia Sai por detrás da pedra Enfrenta a relva Sua floresta particular Alcança a calçada Sobe no muro descascado Deslizando sua barriga Na gosma lisa Deixa seu rastro Lento e prateado Desenhos autênticos e inesperados Alguns metros e já era! Uma grande caminhada Voltando pelo mesmo caminho Escrevendo ao contrário Como fazia o polímata Da Vinci.


Leonardo, apesar de hermafrodita Tem família respeitada Amigo de moluscos Lesmas e caramujos Já tem sua própria casa Cego e surdo Seus tentáculos o guiam Pelo quintal que é seu mundo


Nutrido de folhas e fungos Pinta com maestria Coisas de caracóis.


Leonardo tem hábitos noturnos Gosta mais da noite do que do dia Prefere noites úmidas, Nubladas e frias Para encontrar parceiras Que caem em suas trilhas Nos dias quentes de sol Procura um esconderijo Mesmo sem ter Inimigos ou predadores Se recolhe em seu casco Concha dura de calcário E carbonato de cálcio Que abriga seu corpo mole e frágil Sai esticando seu olho cego Confiando em seu olfato Para depois enfileirar seus ovos Na terra e no mato.


Assim é a vida De um caracol Que eu apelidei De Leonardo.



32 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Én kommentar

Gitt 0 av 5 stjerner.
Ingen vurderinger ennå

Legg til en vurdering
Gjest
28. apr.
Gitt 5 av 5 stjerner.

Merece ser um livro infantil! 😻🐌

Lik
bottom of page