• Alex Fraga

Poesia - O bicho assombroso, por Carlos Magno Amarilha

Sexta-feira no espaço de poesia no Blog do Alex Fraga. Carlos Magno Amarilha, de Dourados (MS), historiador, pesquisador e poeta, doutor em Educação, mestre em História e presidente do Grupo Literário Arandu. Seu poema: O Bicho Assombroso.

O BICHO ASSOMBROSO



os anos cobertos

na cobertura

elevou-se em andares sem culpas

a cada ida no elevador

novas escaladas em luvas


a cortina que era sempre trocada

regozijava os momentos

com a vidraça amiga

via-se tudo


o bicho estava nu

e morto

ao lado da televisão

na sala


as visitas/os moradores

os agentes da vigilância sanitária

garagista/porteiro/condômino


todos aprovavam a criatura perecida

[dependurado na parede

olhava e olhava para mim

disfarçava qualquer lado

olhava nos meus olhos


(sempre estranhei esses bichos como arte)

242 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo