• Alex Fraga

Poesia - Nuances de si, por Narinha Lee

Domingo no Blog do Alex Fraga, a poesia intitulada "Nuances de si", da poeta e escritora mineira e hoje já uma sul-mato-grossense Narinha Lee.

Nuances de si

Sou da cor do que não existe. Me debulho me viro do avesso para não ser como muitos existenciais que tem a alma e o coração apenas como meros figurantes no palco da vida.

Minha cor não existe! Por isso ela é consistente. Ninguém se atreve a fazer-lhe nenhum rabisco.

Decifrar minha cor é desafio. Por isso te convido a apenas senti-la!

Minha cor é um projeto inacabado, desequilibrado... O mais colorido que já se viu! Narinha Lee

84 visualizações0 comentário