top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Noite, por Helena Pereira



Sábado no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com a poeta e escritora de Amambai (MS), Helena Pereira, com "Noite".


NOITE


Noite, sempre noite! Minha vida anda noite

Sonhos despertam, madrugada

Cedo ou tarde, mas sempre noite


Correria, dia exaustivo

Fico à mercê da noite

Quando o ônibus falha

Medo que me encontra

Medo de fome

de frio

de estar só na escuridão


Coragem...

Surge do profundo da noite

Porque uma mulher precisa ser forte


Eis a rua, vasta e silenciosa

Decisões, desafios, destinos

Confronto-me ouço os sinos

Entre as escolhas e acasos


Deixei o relógio

Decidi confiar no que viria

Porque já não sou criança


Sua mão se estende, o carinho se oferta

A gratidão profunda na temperatura certa

A estrada é estranha um ritmo que aperta


Um adeus, sem abraços

Um silêncio, sem neblina

Um final, sem gelo

Sem fim, sem nada

Sem mim

22 visualizações2 comentários

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Jun 08
Rated 5 out of 5 stars.

Bela poesia.

Luciana Perez

Ponta Porã MS

Like
Guest
Jun 08
Replying to

Obrigada Querida.

Like
bottom of page