• Alex Fraga

Poesia - No Silêncio da Estrada, por Gerson Marques Camargo

Terça-feira, dia de poesia no Blog do Alex Fraga, com as palavras do poeta, escritor de Rio Brilhante (MS), Gerson Marques Camargo, com "No Silêncio da Estrada".


No Silêncio da Estrada


No silêncio dessa estrada, tem o cheiro de mato, o frescor da relva orvalhada, a brisa mansa de um regato, ao romper da alvorada.


No silêncio dessa estrada, a voz que ouço, é a voz que grito, tem lua cheia prateada, e o por do sol é mais bonito.


No silêncio dessa estrada, o Tuiuiú fez o seu ninho, a garça branca construí sua morada, tem lindas flores e passarinhos.


No silêncio dessa estrada, enterrei meu coração, nas noites enluaradas, contei estrelas e fiz canção.


O silêncio dessa estrada, foi testemunha de um grande amor, com o carinho da mulher amada, a luz do sol muita ternura e calor.

Gerson Camargo

37 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo