• Alex Fraga

Poesia - Não sou nada ou nada sou, por Gerson Marques Camargo

Terça-feira no Blog do Alex Fraga, poesia com o poeta e escritor de Rio Brilhante (MS), Gerson Marques Camargo, com " Não sou nada ou nada sou".


Não Sou Nada ou Nada Sou


Eu não sou nada, ou nada eu sou, deixar meus rastros nas estradas, foi o que a vida me ensinou.


Eu sigo na caminhada, daqui para outro lugar, o pensamento traça o caminho, mas...é a fé que faz chegar.


O caminho eu mesmo faço, sei aonde vai me levar, já me banhei no riacho, brinquei com as ondas do mar.


Já contei milhões de estrelas, sozinho em uma noite crua, de dia fui amigo do sol, a noite fui namorado da lua.


Já contemplei as cachoeiras, com a correnteza fui me encontrar, em tudo eu vejo a beleza, porque a poesia é o meu lugar.

Gerson Camargo


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo