• Alex Fraga

Poesia - Jornal de Papel, por Carlos Magno Amarilha

Sexta-feira no espaço de poesia no Blog do Alex Fraga. Carlos Magno Amarilha, de Dourados (MS), historiador, pesquisador e poeta, doutor em Educação, mestre em História e presidente do Grupo Literário Arandu. Seu poema: Jornal de Papel.


Jornal de Papel


o que não se sabe

chega de saudade

júbilo de prazer

contentamento


café da manhã

com jornal de papel

notícias fresquinhas


“filha de bailarina

primeiro lugar”

“lançamento do livro

espetacular”

“alta no arroz/alta da gasolina”


historiador lê

linha por linha

até as vírgulas do classificado


“vende-se dois bois ou

troca por duas éguas”


“o filho da giripóca

correu tanto que atropelou

uma senhora”

que deu alta ainda bem

...

(saudade para mais de metro)




IN: O Rosto da Rua, p. 53

156 visualizações5 comentários