top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Jornal de Papel, por Carlos Magno Amarilha

Sexta-feira no espaço de poesia no Blog do Alex Fraga. Carlos Magno Amarilha, de Dourados (MS), historiador, pesquisador e poeta, doutor em Educação, mestre em História e presidente do Grupo Literário Arandu. Seu poema: Jornal de Papel.


Jornal de Papel


o que não se sabe

chega de saudade

júbilo de prazer

contentamento


café da manhã

com jornal de papel

notícias fresquinhas


“filha de bailarina

primeiro lugar”

“lançamento do livro

espetacular”

“alta no arroz/alta da gasolina”


historiador lê

linha por linha

até as vírgulas do classificado


“vende-se dois bois ou

troca por duas éguas”


“o filho da giripóca

correu tanto que atropelou

uma senhora”

que deu alta ainda bem

...

(saudade para mais de metro)




IN: O Rosto da Rua, p. 53

163 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo

5 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
mabdourados52
mabdourados52
May 16, 2022

Realmente fez lembrar dos jornais que líamos cheios de lembranças em forma de poesia. Muito dez! Parabéns.

Like

cathiannebatista
May 13, 2022

Poema criativo, que faz sonhar/pensar!

Parabéns, Carlos!🌹

Gratidão.


Like
Carlos Magno Mieres Amarilha
Carlos Magno Mieres Amarilha
May 14, 2022
Replying to

agradecido

um poema chegou das nuvens

e disse: sonhar e poetar pode.

Muito obrigado por ler a poesia cheia de saudades.

Like

athayneryfreitas
May 13, 2022

E assim caminha a humanidade! Com poesia a gente vai mais longe! Pra mais de metro e meio de alegria!

Like
Carlos Magno Mieres Amarilha
Carlos Magno Mieres Amarilha
May 14, 2022
Replying to

muita prosa de Campo Grande e sonhos de humanidade. Abraços

Like
bottom of page