top of page
  • Foto do escritorAlex Fraga

Poesia - Inversão, por Daniel Vargas

Segunda-feira no Blog do Alex Fraga é dia de poesia com o poeta, cantor e compositor de Campo Grande (MS), Daniel Vargas, com seu poema Inversão.


INVERSÃO

Eu pedi Simplicidade de forma arrogante Pensei ser eu acessível Mas me vi tão intolerante. Falei, falei, falei... Quando eu deveria me calar Bati de frente Quando eu deveria recuar Corri até perder o fôlego Onde eu deveria parar. Buscando acertar De forma tão incorreta Almejava o corpo Ao invés da costela Procurando preencher-me Com coisas tão vazias Mesmo conhecendo a verdade Criei um mundo de fantasias. Busquei pelo mundo E a solução estava ao lado Gritei por socorro E obtive quando calado. E me encontrei Quando eu estava totalmente perdido Houve vida Quando confirmaram que eu havia morrido Considerei-me rico quando me vi falido Senti felicidade sem ter no rosto um sorriso. E fizemos grandes projetos Mesmo sendo tão pequenos Grandes feitos Quando nós fomos desfeitos. Príncipe da paz Eu te vi em meio à guerra E eu sei dos céus virás mas estás presente na terra. Eu te peço Senhor Venha transformar O meu caráter O meu desejo A minha forma de pensar. Até que não haja Mais nada Aplausível em mim Para que o meu eu Em tudo glorifique a ti Eu preciso de TI pai! De ti! Daniel Vargas



11 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page