• Alex Fraga

Poesia - Guardando os tesouros com a poética de Mirian Camacho


O sábado de poesia com a cantora, compositora, poeta e professora de artes-dança, MIrian Camacho com mais uma das suas belas obras poéticas.



No fundo do poço que eu fiz pra guardar tesouros, eu guardei a canção que alguém fez pra mim, um caderno, uma caixa de giz e um galho de alecrim.

No fundo do poço que eu fiz pra guardar histórias, desenhei janelas de abrir o sol dentro de mim, um passarinho cantador e um outro galho de alecrim.

No fundo do poço que eu fiz pra me guardar, me escondi numa xícara de chá feito com os dois galhos de alecrim. Em água morna, adormeci pra acordar logo ali, em água fresca e coração desperto apreciando os tesouros guardados, que agora com mãos estendidas, compartilho. Porque... Em água morna e na reza do alecrim, eu aceito as chegadas que nas paredes do fundo do poço eu desenhei pra mim.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo